Países do Mercosul trabalham em conjunto para medidas comuns no e-commerce

O ministro da Ciência e Tecnologia do Brasil, Aloizio Mercadante, informou nesta terça-feira que os países integrantes do Mercosul – Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai- estão trabalhando em conjunto para adotar medidas comuns voltadas para o setor de e-commerce. Além disso, diversos mecanismos já estão sendo implementados no bloco econômico, como uma nota fiscal eletrônica e um carimbo de tempo.

Mercadante ainda acrescenta que a nova regulação que está sendo preparada entre os quatro países membros pode alavancar o comércio eletrônico na região, repetindo o modelo de sucesso aplicado aos setores da economia tradicional.”A economia da região vem crescendo fundamentalmente por essa sinergia. O nosso próximo passo é nós abrirmos um caminho de integração no mundo digital”, conta.

A iniciativa também deve agregar o projeto Escola Virtual, que visa capacitar os micros e pequenos empresários através de cursos voltados para o comércio eletrônico. No total, serão investidos aproximadamente € 9 milhões (R$ 20 milhões) em mais de 30 cursos, sendo € 7 milhões concedidos pela União Européia.

Dados do Mercosul mostram que o e-commerce movimentou um combinado de R$ 25 bilhões entre os países membros no ano anterior, o que representa 66% da receita do setor na América Latina. O Brasil é de longe a principal economia digital do bloco, movimentando mais de R$ 17  bilhões no período, enquanto a Argentina (R$ 5,5 bilhões), Uruguai e Paraguai (ambos com R$ 1,5 bilhão) aparecem nas posições seguintes.

Fonte: E-commerce News
Rua Félix da cunha, 561 Sala 3 Esquina Cristóvão Colombo - Bairro Floresta - Porto Alegre - RS
Webutation